EM JEQUIÉ: Depressão afasta temporariamente 30 policiais do serviço operacional no 19º Batalhão

EM JEQUIÉ: Depressão afasta temporariamente 30 policiais do serviço operacional no 19º Batalhão
07 outubro 12:46 2019 Imprimir

A vida laboral do policial militar está permeada por situações que envolvem estresse extremo. Esse fato pode gerar possíveis quadros de desequilíbrio emocional. Assim, é necessário explorar a percepção de policiais militares da força tática e de rua acerca dos aspectos que permeiam sua saúde mental. Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Psicologia da PM, e apresentada nesta sexta-feira (04), pelo Tenente Coronel Itamar Gondim, comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar , apontou que dos 620 policiais militares do 19º BPM, 98 (20%) apontavam nível alto de estresse, destes, 30 em estágio mais avançado  foram  afastados do serviço operacional temporariamente .

No último dia 27 de setembro, o policial militar Evanildo Encarnação Lotado no 19º BPM e que atuava em Jitaúna cometeu suicídio em sua residência no bairro Mandacaru, em Jequié. Evanildo estava sendo acompanhado por um psiquiatra há 06 anos e teria sido retirado do serviço operacional para o burocrático. O militar encontrava-se afastado por dez dias através de atestado médico, e estava relacionado para o Curso Especial de Cabo.// Blog Do Marcos Cangussu

  Editorias: