Futuro politico de ACM Neto em “cheque”

Futuro politico de ACM Neto em “cheque”
09 fevereiro 21:39 2021 Imprimir

Após as eleições para escolha dos presidentes do senado e da câmara dos deputados em Brasília, muitas criticas foram feitas ao presidente do DEM, Antônio Carlos Magalhães Neto, ex-prefeito de Salvador. Aliados no partido e de outros partidos coligados alegam que o presidente do DEM não teve forças para controlar deputados federais do partido que “se rebelaram” e apoiaram o candidato Arthur Lira (PP) que era candidato do presidente Jair Bolsonaro. O ex-presidente da câmara deputado federal Rodrigo Maia se disse “traído” e já fala em mudar de partido: “Uma amizade de mais de 20 anos, não aceito a posição do presidente do DEM e do governador Caiado”-disse Maia. Tendo deixado a prefeitura de Salvador com um índice de aceitação considerado alto (78%), sendo o nome mais forte de oposição ao atual governo da Bahia, ACM Neto começa a sofrer contestações que podem deixar em “cheque” seu futuro politico, se seria mesmo candidato a governador em 2022, ou seria mais fácil uma vaga no senado, se o candidato da situação ao governo for o senador Jaques Wagner (PT). Um outro embrolio é se o atual governador Rui Costa resolver sair candidato ao senado a coisa fica complicada para ACM Neto. Vai restar uma única opção voltar a ser candidato a deputado federal que seria certeza de eleição.//Ari Moura

  Matéria marcada como:
  Editorias: