Drama na Bahia: Morte de policial mostra realidade tensa da segurança pública na pandemia

Drama na Bahia: Morte de policial mostra realidade tensa da segurança pública na pandemia
29 março 07:55 2021 Imprimir

Poderia ser uma cena de filme. Mas foi real. Um policial militar foi morto num dos maiores cartões portais da Bahia. Wesley Soares Góes morreu, na noite deste domingo, 28, após ser alvejado no Farol da Barra, em Salvador.

O soldado, lotado na 72ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Itacaré, sul do estado, invadiu a área em protesto contra os decretos do governo do Estado.

Em vídeos que circularam nas redes sociais o militar grita: “Comunidade, venham testemunhar a honra ou a desonra dos policiais militares do Estado da Bahia.” A sequencia da cena de horror mostra o cerco policial que culminou na morte do oficial. Dezenas de policiais se reuniram na porta do Hospital Geral do Estado em solidariedade à família de Wesley.

Colegas de profissão exaltaram o policial como um profissional exemplar e seguidor dos preceitos da corporação. Eles criticaram também a mudança inesperada do experiente negociador, Capitão Luiz Henrique, e a atuação truculenta do Batalhão de Operações Especiais – BOPE, que culminou na morte do oficial. “Não agem assim contra criminosos, mas agiram contra um policial.”

FONTE: Burburinho News

  Matéria marcada como:
  Editorias: